Connect with us

Exercicios

Exercicio para a posse de bola

Quando o assunto é futebol, não precisamos de nos alongar muito para concluir que a bola é a essência do jogo, e quem tem a posse de bola, está no controlo total do jogo. Exceto para treinadores, cujas equipas jogam em contra-ataque, praticamente qualquer treinador e adepto insiste na capacidade da equipa em segurar a bola e em fazer o melhor com ela. Assim, este exercício estimula os jogadores na relação com a bola, podendo até ser usado para exercícios mais dinâmicos e de grande intensidade e volume.

Material: 4 cones sinalizadores, 1 bola

Número: 6 atacantes e 2 defensores

Espaço: 20×15 metros (nas linhas dos cones sinalizadores

Organização

Num espaço de 20×15 metros, seis atacantes estão posicionados fora do retângulo e dois defesas estão dentro do mesmo. Os atacantes não podem entrar dentro do retângulo e os dois defensores não podem sair dentro da área limitada. Os atacantes trocam a bola entre si, e trocam de lugar com um defesa quando este interceta a bola. O treinador deve insistir que a bola esteja sempre em movimento.

Descrição

Em várias situações de jogo, principalmente na saída da bola, os jogadores trocam a bola entre si sem demasiada pressão sobre a mesma, como na saída de jogo. Este exercício não coloca demasiada pressão aos atacantes, embora estes não possam parar a bola. Os atacantes são estimulados a passar a bola de forma simples, rapidamente, e apesar do baixo volume, é um exercício bastante intenso. Por usa vez, os defesas são estimulados a concentrar a atenção sobre a bola e a reagir rapidamente quando um atacante efetua um passe para o colega.

Variações

  • Utilizar variadas técnicas de passe, partes diferentes dos pés e ambos os pés
  • Deixar o defesa aproximar-se ou passar rapidamente, iludindo o mesmo na decisão que deve tomar
  • Aumentar a intensidade ao diminuir o espaço disponível para jogar
  • Criar competição, como durante um determinado período de tempo, se recuperarem a bola um determinado número de vezes, os defesas ganham.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *