Connect with us

Metodos de Jogo

A relacao entre os metodos ofensivos

Contra-ataque

Aqui estudamos três métodos ofensivos diferentes. Estes métodos são os semelhantes ataque rápido e contra-ataque e ainda o ataque posicional. Em relação ao contra-ataque e ao ataque rápido, nota-se que existe uma filosofia de jogo direto, caraterizada pela orientação sistemática dos comportamentos técnicos e táticos em direção à baliza contrária e pela transposição rápida do centro do jogo para a zona de finalização. Essa concepção de jogo exprime uma atitude positiva: jogar para ganhar. É condicionada pela intenção de marcar golos e não pelo medo de perder a posse da bola.

Em relação ao ataque posicional, está a concepção de jogo indireto, apoiado, de posse de bola. Caraterizada pela preponderância da fase da construção do processo ofensivo, através da progressão da posse da bola em direção à baliza adversáriade forma metódica e trabalhosa. Essa concepção exprime uma atitude negativa – “jogar para não perder” – ou seja, enquanto tivermos a posse da bola, a equipa adversária não pode fazer o golo.

Acontece que essas formas de jogar são formas básicas de organização da equipa. Contudo, nota-se que existe um grande número de processos ofensivos que apresentam caraterísticas de processos diferentes. Ou seja, além dos métodos ofensivos de base, podemos considerar métodos ofensivos compostos:

  • Contra-ataque passando a ataque posicional;
  • Ataque rápido passando a ataque posicional;
  • Ataque posicional passando a ataque rápido.

Em geral, cada equipa usa um dos métodos ofensivos de forma predominante, baseando-se nos níveis de preparação técnico-táticos, físicos e psicológicos. Porém, isso não quer dizer que, com o decorrer do jogo, a equipa não procure ganhar vantagem e/ou eficiência através de outros métodos ofensivos. As grandes equipas de nível elevado recorrem muito a outros métodos ofensivos.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *